RSS

Miles Davis Sextet – Dig with Sonny Rollins (1951)

11 jan

Em 1950 Miles havia passado por momentos muito dificeis em luta contra a heroína, alguns meses isolado na casa de seu pai foram cruciais para que ele tentasse reorganizar sua vida e desse continuidade a sua carreira. Em 49 ele havia concluído o trabalho com Gil Evans, o lendário álbum Birth of the Cool, e desde então tentava alçar voo como líder de combo. O contrato com a Prestige não era vantajoso financeiramente mas foi importante para que Miles pudesse começar a buscar o formato que atingiria o ápice em 55 com seu quinteto com, o então novato e surpreendente, John Coltrane. Dig faz parte desse período no qual vários músicos e formações foram utilizados até que ele achasse o seu caminho das pedras. Iniciantes como Sonny Rollins e Jackie McLean foram muito importantes na música produzida pelo trompetista e veteranos como Tommy Potter e Art Blakey garantiram a segurança necessária para os voos líricos de Miles. Dig, apesar de pouco badalado em sua discografia, é pedra fundamental no que o gênio nos reservaria no futuro.
Miles Davis (tp) Jackie McLean (as) Sonny Rollins (ts) Walter Bishop Jr. (p) Tommy Potter (b) Art Blakey (d) Apex Studios, NYC, October 5, 1951
01 – Dig
02 – It’s Only a Paper Moon
03 – Denial
04 – Bluing
05 – Out Of The Blue
06 – Conception
07 – My Old Flame
 

Uma resposta para “Miles Davis Sextet – Dig with Sonny Rollins (1951)

  1. Anonymous

    11 de janeiro de 2009 at 3:50 AM

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: