RSS

Oliver Nelson Septet – The Blues And The Abstract Truth (1961)

29 jan

Existem alguns álbuns realmente fundamentais na história fonográfica do Jazz que, sejam pela concepção, performance dos músicos, registro de momento histórico ou reuniões especiais, se tornaram de escuta imprescindível. The Blues And The Abstract Truth de Oliver Nelson Septet é um desses que se enquadram em todos os motivos listados. Stolen Moments é utilizada até hoje como modelo no aprendizado da técnica musical do improviso, os solos de todos os músicos são perfeitas obras de arte em arquitetura harmônica e beleza melódica, além de ser uma das raras oportunidades de se apreciar o som especial do Oliver Nelson saxofonista, pois seu imenso talento e conhecimento como arranjador o mantiveram pouco ativo em seu instrumento. A presença de sidemen do quilate de Eric Dolphy, Bill Evans, Freddie Hubbard, Paul Chambers e Roy Haynes já mostra o nível do registro. Ouçam e aprendam nessa essencial aula de jazz moderno.
Freddie Hubbard (tp -1/4,6) Eric Dolphy (as, fl) Oliver Nelson (as, ts, arr) George Barrow (bars -1/4,6) Bill Evans (p) Paul Chambers (b) Roy Haynes (d). Rudy Van Gelder Studio, Englewood Cliffs, NJ, February 23, 1961
1- Stolen Moments
2- Hoe-Down
3- Cascades
4- Butch And Butch
5- Teenie’s Blues
6- Yearnin’
Anúncios
 

Uma resposta para “Oliver Nelson Septet – The Blues And The Abstract Truth (1961)

  1. Anonymous

    29 de janeiro de 2009 at 11:09 AM

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: