RSS

HotBeatJazz 10′ Series – King Cole – Lester Young – Red Callender Trio – 10’LP AL 705 (1942)

21 jul

Após apreciarmos Stan Getz, nada melhor do que ir beber direto à fonte, trazendo o saxofonista tenor Lester Young em uma de suas sessões de maior êxito, tanto do ponto de vista artístico quanto de sucesso junto ao público. Em 1942, a apenas 15 dias do início da greve declarada pelo sindicato dos músicos, suspendendo as gravações em estúdios, Lester Young gravou quatro faixas para a gravadora Aladdin, lançadas em 78 rpm, ao lado do fenomenal pianista Nat King Cole e do explêndido contrabaixista Red Callender.

Cada músico escolheu um tema de sua preferência. Nat King Cole trouxe a imortal Body And Soul, Red Callender escolheu e teve lugar de destaque em Tea For Two. Lester Young fez um registro definitivo de I Can’t Get Started, e os três em conjunto decidiram pela inclusão de Indiana no repertório.

Lester e Nat tinham um entrosamento total, dois superlativos mestres do swing que influenciaram inúmeros músicos no jazz. Perceba em Indiana, a influência de Nat no toque de Oscar Peterson, principalmente na forma de acentuação dos tempos com a mão esquerda. Lester Young realizou na pequena gravadora Aladdin suas mais importantes gravações na carreira, sendo estas faixas exemplo do que de melhor houve no período do swing. Quatro temas gravados por três mestres que entraram para a história do jazz. De 1942 para a eternidade!

PS: Estas faixas foram lançadas em formato CD em: Lester Young – The Complete Aladdin Recordings

Lester Young (ts) Nat King Cole (p) Red Callender (b)
LA July 15, 1942

 

1- Body And Soul
2- Tea For Two
3- I Can’t Get Started
4- Indiana

 

Anúncios
 

6 Respostas para “HotBeatJazz 10′ Series – King Cole – Lester Young – Red Callender Trio – 10’LP AL 705 (1942)

  1. Anonymous

    21 de julho de 2010 at 8:47 PM

     
  2. APÓSTOLO

    22 de julho de 2010 at 12:25 PM

    Prezadíssimo MAURO:Um senhor baú, de onde saiu essa glória musical.Grato ! ! !

     
  3. HotBeatJazz

    22 de julho de 2010 at 4:33 PM

    Grande Apóstolo,este baú tem suas preciosidades sim, o difícil é escolher qual mostrar. rssgrande abraço meu amigo

     
  4. Érico Cordeiro

    22 de julho de 2010 at 11:34 PM

    Grande Mauro,Os aficionados do jazz costumam dar mais mais valor ao Nat pianista que ao Cantor. Acho as duas fases maravilhosas, embora reconheça que como cantor ele teve que fazer algumas concessões ao "star system" alguns de seus discos sejam mais orientados pelo aspecto comercial. Mas é, certamente, um dos maiores de todos os tempos, ombreando-se com Sinatra e Bennet.Mas em sua discografia "cantada" há momentos sublimes. Como pianista, sua obra é mais homogênea e igualmente portentosa. Juntando-se ao Pres, ganha contornos celestiais. É muito bom que esses tesouros possam ser descobertos pelos mais jovens, mais de 60 anos depois de terem sido lançados.Valeu!

     
  5. Terry

    23 de julho de 2010 at 2:52 AM

    Many thanks for this classic Lester

     
  6. HotBeatJazz

    23 de julho de 2010 at 4:39 PM

    Terry,you're welcome ever. Thanks to you.Érico,concordo em GNG contigo. Nat foi maravilhoso em ambas as fases de sua carreira. A lamentar somente o fato da carreira de cantor ter praticamente encerrado a de pianista. A partir da década de 50, não se tem mais notícia do piano de Nat como solista de jazz. Ma a obra inteira, mesmo os discos bem comerciais, são de um nível impressionante. Se toda música comercial de hj em dia tivesse 10% da qualidade da de Nat King Cole, q felicidade seria!Grande abraço meu amigo

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: