RSS

Arquivo da categoria: albert heath

Jimmy Heath Sextet – The Thumper (1959)

Nascido na Philadelphia em 1926, Jimmy Heath vem de uma família muito musical, seus irmãos Percy, contrabaixista e Albert, baterista, foram importantes músicos na cena jazzística. Começou sua carreira nos anos 40, tocando com Howard McGhee (47-48) e na orquestra de Dizzy Gillespie (49-50). Saxofonista, compositor, arranjador e educador, Jimmy trabalhou com um grande número de importantes músicos, teve suas composições e arranjos interpretados por gigantes como Miles Davis, Chet Baker, Art Pepper entre outros. Apelidado de “Little Bird” por sua semelhança com o estilo de Charlie Parker no sax alto, no início dos anos 50 passou a se dedicar prioritariamente ao sax tenor, nesse instrumento tinha como maior apreciador de sua música nada mais nada menos do que John Coltrane. Em meados dos anos 70 e princípio dos 80 organizou junto com seus irmãos o importante grupo “The Heath Brothers”.
“The Thumper”, gravado em 1959 para a Riverside, é um de seus mais apreciados álbuns até hoje. Ao seu lado, na linha de frente, o cornetista Nat Adderley e o trombonista Curtis Fuller, secundados por uma precisa cozinha com o genial Wynton Kelly ao piano, Paul Chambers no contrabaixo e seu irmão Albert na bateria. No repertório alguns standards e suas composições que se tornaram verdadeiros cavalos de batalha para muitos músicos, como “For Minors Only”.
Nat Adderley (cor) Curtis Fuller (tb) Jimmy Heath (ts) Wynton Kelly (p) Paul Chambers (b) Albert “Tootie” Heath (d)
NYC, November 27, 30, 1959
1. For Minors Only
2. Who Needs It?
3. Don’t You Know I Care
4. Two Tees
5. The Thumper
6. New Keep
7. For All We Know
8. I Can Make You Love Me
9. Nice People
 

Jimmy Heath Sextet – The Thumper (1959)

Nascido na Philadelphia em 1926, Jimmy Heath vem de uma família muito musical, seus irmãos Percy, contrabaixista e Albert, baterista, foram importantes músicos na cena jazzística. Começou sua carreira nos anos 40, tocando com Howard McGhee (47-48) e na orquestra de Dizzy Gillespie (49-50). Saxofonista, compositor, arranjador e educador, Jimmy trabalhou com um grande número de importantes músicos, teve suas composições e arranjos interpretados por gigantes como Miles Davis, Chet Baker, Art Pepper entre outros. Apelidado de “Little Bird” por sua semelhança com o estilo de Charlie Parker no sax alto, no início dos anos 50 passou a se dedicar prioritariamente ao sax tenor, nesse instrumento tinha como maior apreciador de sua música nada mais nada menos do que John Coltrane. Em meados dos anos 70 e princípio dos 80 organizou junto com seus irmãos o importante grupo “The Heath Brothers”.
“The Thumper”, gravado em 1959 para a Riverside, é um de seus mais apreciados álbuns até hoje. Ao seu lado, na linha de frente, o cornetista Nat Adderley e o trombonista Curtis Fuller, secundados por uma precisa cozinha com o genial Wynton Kelly ao piano, Paul Chambers no contrabaixo e seu irmão Albert na bateria. No repertório alguns standards e suas composições que se tornaram verdadeiros cavalos de batalha para muitos músicos, como “For Minors Only”.
Nat Adderley (cor) Curtis Fuller (tb) Jimmy Heath (ts) Wynton Kelly (p) Paul Chambers (b) Albert “Tootie” Heath (d)
NYC, November 27, 30, 1959
1. For Minors Only
2. Who Needs It?
3. Don’t You Know I Care
4. Two Tees
5. The Thumper
6. New Keep
7. For All We Know
8. I Can Make You Love Me
9. Nice People
 

Kenny Dorham Quintet – Trompeta Toccata (1964)

O trompetista Kenny Dorham nasceu na cidade de Fairfield no Texas em 1924, em 45 já estava na Big Apple atuando na orquestra de Dizzy Gillespie, transformando-se em um típico músico de bebop. Tocou com Fats Navarro, Bud Powell, Sonny Stitt e outros expoentes do gênero até que, no final da década de 40, integrou o quinteto de Charlie Parker em substituição a Miles Davis. No início dos anos 50 esteve afastado da música por problemas com drogas e reapareceu na cena em 54, substituindo Clifford Brown nos Jazz Messengers. Logo em seguida substituiria Clifford novamente no quinteto com Max Roach. Após outro período afastado da música, por razões de doença, tentou voltar ao jazz em tempo integral, mas devido a problemas renais, que exigiram uma série de sessões de hemodiálise, faleceu em dezembro de 1972, aos 48 anos. Um dos melhores trompetistas do jazz, Dorham não teve o reconhecimento merecido por parte do grande público, tendo se tornado uma espécie de músico de músicos, gravando com Thelonious Monk, Sonny Rollins, Tadd Dameron, Hank Mobley e até Cecil Taylor. Trompeta Toccata, de 1964, é um de seus melhores discos, gravado ao lado do exímio saxofonista Joe Henderson e do melódico pianista Tommy Flanagan.
Kenny Dorham (tp) Joe Henderson (ts) Tommy Flanagan (p) Richard Davis (b) Albert “Tootie” Heath (d)
Rudy Van Gelder Studio, Englewood Cliffs, NJ, September 14, 1964
1.Trompeta Toccata
2.Night Watch
3.Mamacita
4.The Fox