RSS

Arquivo da categoria: ben riley

Sphere – Sphere (1997)

Em 17 de fevereiro de 1982, por volta das 8 da manhã, a vida terrena de Thelonious Sphere Monk chegou ao fim. Um pouco mais tarde, naquela manhã, a carreira discográfica do quarteto Sphere começava. Por uma extraordinária coincidência, aproximadamente duas horas depois da passagem de Monk, dois de seus parceiros no influente quarteto dos anos sessenta, o saxofonista Charlie Rouse e o baterista Ben Riley, se associavam ao pianista Kenny Barron e ao contrabaixista Buster Williams, para gravar uma sessão previamente agendada com a rara música criada pelo recém falecido Thelonious Monk, fato até então desconhecido para eles.

Pelos próximos cinco anos o Sphere realizou concertos e gravações apresentando, em sua maior parte, a música composta por seus integrantes e, pontualmente, composições de Monk; raramente explorando a música que eles gravaram naquela manhã do falecimento de Monk. Pouco depois do lançamento de “Free For All”, pela gravadora Verve, o quarteto encerrou suas atividades. O inesperado falecimento do saxofonista Charlie Rouse, um ano e meio após, parecia fechar o livro da história do grupo.

Durante dez anos os integrantes se dedicaram a seus projetos pessoais e em dar continuidade a suas carreiras como músicos de estúdio. Kenny e Buster trabalharam juntos, sempre como um duo. Quando começaram um trabalho em trio, a escolha natural foi Ben Riley. A reunião dos três remanescentes do Sphere em 1997 abriu a possibilidade para a reorganização do grupo. A escolha de Gary Bartz para o saxofone foi natural para todos os integrantes e é essa história que você encontrará nesse disco formidável.

*tradução livre e resumida das notas de contra-capa

Gary Bartz – alto; Kenny Barron – piano; Ben Riley – drums; Buster Williams – bass

recorded 4th October 1997

1- Wee See (T. Monk)

2- Isfahan (B. Strayhorn)

3- Uncle Bubba (G. Bartz)

4- Hornin’ In (T. Monk)

5- Buck And Wing (G. Bartz)

6- Twilight (K. Barron)

7- The Surrey With The Fringe On Top (O. Hammerstein – R. Rogers)

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2009 em ben riley, buster williams, gary bartz, kenny barron

 

Sphere – Four For All (1987)

Sphere foi um grupo montado pelo pianista Kenny Barron e o saxofonista Charlie Rouse na primeira metade da década de oitenta com o intuito de manter viva a obra do genial Thelonious Sphere Monk. Ninguém seria mais indicado para esse objetivo do que Charlie Rouse, intregrante do celebrado quarteto de Monk nos anos sessenta. Completam o Sphere o baixista Buster Williams e o baterista Ben Riley, este último também integrante do quarteto de Monk. Four For All foi lançado em 1987 e traz uma composição de Monk, “San Francisco Holiday (Worry Later)”; duas de Barron – a brasileiríssima “Baiana” e a instigante “Lunacy” ; “Bittersweet”, de Charlie Rouse; “Air Dance” e “Lupe” de Buster Williams. “Melancholia” de Duke Ellington e “This Time the Dreams On Me” de Harold Harlen e Johnny Mercer completam o álbum. Four For All é um dos mais brilhantes álbuns de uma década em que o jazz acústico voltou a ocupar seu lugar de destaque.
Charlie Rouse (ts); Kenny Barron (p); Buster Williams (b); Ben Riley (d)
at Rudy Van Gelder Studios, 2/03/87
1- Baiana
2- Bittersweet
3- Lunacy
4- Air Dance
5- San Francisco Holiday (Worry Later)
6- Lupe
7- This Time The Dream’s On Me
8- Melancholia
 
3 Comentários

Publicado por em 28 de janeiro de 2009 em ben riley, buster williams, charlie rouse, kenny barron, sphere