RSS

Arquivo da categoria: bill evans

Bill Evans & Toots Thielemans – Affinity (1978)

Affinity é o resultado do encontro de músicos ímpares na história do jazz, o pianista Bill Evans e o gaitista belga Toots Thielemans. Poucas reuniões em disco se igualam em lirismo e beleza à deste álbum gravado para a Atlantic em finais de 1978. Trinta anos se passaram e a música produzida permanece não só atual mas também futurista. As composições têm uma abordagem delicada, densa e complexa, com os protagonistas se completando e estimulando mutuamente. No repertório, standards como Body & Soul e Days of Wine And Roses; temas oriundos do pop – IDo It For Your Love, de Paul Simon e originais de Bill, já elevados a clássicos do jazz, como Blue in Green. A afinidade se estende ao restante do coeso grupo que os acompanham, com destaque para Marc Johnson e Eliot Zigmund, integrantes do trio regular do pianista. Quando chegar ao fim da última faixa, você com certeza, vai querer repetir. Isso é Affinity!
Larry Scheneider (as, ts, fl); Toots Thielemans (hca); Bill Evans (p, el-p); Marc Johnson (b); Eliot Zigmund (d) NYC, October 30 & 31, November 1 & 2, 1978
1 – I do it for your love
2 – Sno’ peas
3 – This is all I ask
4 – Days of wine and roses
5 – Jesus’ last ballad
6 – Tomato kiss
7 – Other side of midnight (Noelle’s theme)
8 – Blue in green
9 – Body and soul
 

Oliver Nelson Septet – The Blues And The Abstract Truth (1961)

Existem alguns álbuns realmente fundamentais na história fonográfica do Jazz que, sejam pela concepção, performance dos músicos, registro de momento histórico ou reuniões especiais, se tornaram de escuta imprescindível. The Blues And The Abstract Truth de Oliver Nelson Septet é um desses que se enquadram em todos os motivos listados. Stolen Moments é utilizada até hoje como modelo no aprendizado da técnica musical do improviso, os solos de todos os músicos são perfeitas obras de arte em arquitetura harmônica e beleza melódica, além de ser uma das raras oportunidades de se apreciar o som especial do Oliver Nelson saxofonista, pois seu imenso talento e conhecimento como arranjador o mantiveram pouco ativo em seu instrumento. A presença de sidemen do quilate de Eric Dolphy, Bill Evans, Freddie Hubbard, Paul Chambers e Roy Haynes já mostra o nível do registro. Ouçam e aprendam nessa essencial aula de jazz moderno.
Freddie Hubbard (tp -1/4,6) Eric Dolphy (as, fl) Oliver Nelson (as, ts, arr) George Barrow (bars -1/4,6) Bill Evans (p) Paul Chambers (b) Roy Haynes (d). Rudy Van Gelder Studio, Englewood Cliffs, NJ, February 23, 1961
1- Stolen Moments
2- Hoe-Down
3- Cascades
4- Butch And Butch
5- Teenie’s Blues
6- Yearnin’