RSS

Arquivo da categoria: Jon Faddis

Don Sebesky – Full Cycle (1984)

O arranjador, trombonista, pianista e band-leader Don Sebesky é um sujeito que suscita polêmicas. Alguns o adoram como grande arranjador que é, outros tantos, e não são poucos, colocam sobre seus ombros o crédito de ser o responsável pela pasteurização da música de vários excelentes jazzmen, como Wes Montgomery, George Benson, Freddie Hubbard e etc. Mas o que nenhum dos grupos de opiniões podem negar é a excelência e a competência musical deste jovem, prestes a completar 72 anos em 10 de dezembro. Don nasceu em Perth Amboy, New Jersey, estudou trombone na Manhattan School Of Music, e ainda bem jovem já atuava ao lado de Kai Winding, Claude Thornhill, Tommy Dorsey, Maynard Ferguson e Stan Kenton. A partir dos anos 60, começa a se dedicar ao ofício de arranjador, e atinge o ápice do sucesso em 65 ao assinar os arranjos do álbum “Bumpin'” de Wes Montgomery. Apoiado pelo produtor Creed Taylor, inicialmente no selo Verve e posteriormente no CTI, Don Sebesky produziu arranjos que contribuiram para uma maior popularização do jazz junto a ouvintes não iniciados. Neste ofício, Don produziu arranjos tipo glacê para massas sonoras um tanto insoças mas também pode caprichar em sua pena partituras de alto nível para excelentes álbuns como “First Light” de Freddie Hubbard. “Full Cycle” foi gravado em 1984 por um selo um tanto obscuro, porém com repertório de primeira linha com 6 temas saídos de nomes como: John Coltrane, John Lewis, Freddie Hubbard, Bill Evans, Miles Davis e Bud Powell. Don atua não só como arranjador mas também ao piano Fender Rohdes, o que confere a música uma certa atmosfera setentista. Os músicos participantes são todos de primeiríssima linha como: Jon Faddis, Lew Soloff, Eddie Daniels, Alex Foster, Jim Pugh, Alan Ralph, entre outros. O ouvinte poderá além de curtir uma grande música, matar as saudades dos estalos de um legítimo Lp, de onde foram ripadas as seis faixas. De resto, é diminuir as luzes, servir um martini seco ou outro drink de sua preferência, e viajar nas bem estruturadas partituras de Mr. Don Sebesky. Vida longa ao mestre!
Don Sebesky (Arr, p); Eddie Daniels, Alex Foster, Roger Rosenberg (Reeds); Jon Faddis, *Lew Soloff, ** Jim Bossy (tp); *Jim Pugh, Ed Byrne, Alan Ralph (tb); Kenneth Sebesky (g), Jay Leonhart (b), Jimmy Madison (d), Sue Evans (perc)
* Tracks 1, 2 & 6; ** Tracks 3, 4 & 5
1- Naima (J. Coltrane)
2- Django (J. Lewis)
3- Intrepid Fox (F. Hubbard)
4- Waltz for Debbie (B. Evans)
5- All Blues (M. Davis)
6- Un Poco Loco (B. Powell)
 

Michel Camilo – One More Once (1994)

Foi no blog CB Latin Jazz Corner, do amigo Carlos Braga, que encontrei esse “ouro em pó”, como CB costuma se referir aos álbuns de grande qualidade que posta com frequencia maior do que o nascer do sol. Um dos poucos trabalhos do pianista dominicano Michel Camilo que eu ainda não tinha tido o privilégio de ouvir, One More Once não é só mais um disco de Camilo. É uma overdose de músicos de primeira grandeza do jazz e latin jazz. Camilo faz uma releitura de composições suas, muitas das quais já havia gravado em álbuns de seu trio habitual e em trabalhos de luminares como Paquito D’Rivera, Tito Puente e Giovanni Hidalgo. O álbum é beleza, lirismo e energia do início ao fim e Michel Camilo passeia pelos montunos, danzons e uma variedade de ritmos latinos com a naturalidade de quem sabe muito bem onde pisa. A orquestra reunida pelo pianista traz a qualidade de nomes como o do sax alto Paquito D’Rivera; o pupilo de Dizzy Gillespie, trompetista Jon Faddis; o inseparável baixo elétrico de Anthony Jackson; os metais do grupo OTB e do quinteto de Horace Silver, Michael Mossman e Ralph Bowen; a guitarra de Chuck Loeb; a percussão de Giovanni Hidalgo e mais uma infinita constelação de craques do estilo. No CB Latin Jazz Corner você encontra esse e muitos outros discos fundamentais do Latin Jazz.
Michel Camilo – piano
Anthony Jackson – bajo
David Taylor – trombón
Chris Hunter – saxo alto y soprano
Conrado Herwig – trombón
Craig Handy – saxo
David Bargeron – tuba
Ryan Kisor – trompeta
Douglas Purviance – trombón
Cliff Almond – batería
Ed Neumeister – trombón
Ralph Bowen – saxo tenor
Guarionex Aquino – chekere, tambora, guiro, percusión
Michael Mossman – trompeta
Stanton Davis – trompeta
Jon Faddis – trompeta
Paquito D´Rivera – saxo alto
Chuck Loeb – Guitarra eléctrica
Gary Smulyan – saxo barítono
Marvin “Smitty” Smith – Batería
Giovanni Hidalgo – percusión