RSS

Arquivo da categoria: Ralph Bowen

Ralph Bowen – Soul Proprietor (2002)

A primeira vez em que tomei contato com a música do saxofonista Ralph Bowen foi em meados dos anos oitenta através de dois álbuns da banda O.T.B., onde ele atuava na linha de frente ao lado do trompetista Michael Mossman. Em 1989, no Free Jazz Festival, tive o privilégio de ouvi-lo integrando o quinteto de Horace Silver, também ao lado de Mossman. Impressionou-me o timbre vigoroso, ao estilo de Sonny Rollins, as idéias musicais bem encadeadas e certa aversão a pirotecnias. Bowen, além de excelente solista é também um harmonizador de primeira, equiparando-se neste quesito, à grandes do instrumento como Gerry Mulligan. Em “Soul Proprietor” está acompanhado pela competente guitarra de Peter Bernstein, pelo não menos competente John Swana ao trompete, a bateria segura e contemporanea de Brian Blade e o órgão Hammond de Sam Yahel. O CD abre com o standard “Invitation”, onde Bowen nos dá uma completa amostra de suas habilidades, assim como todos os integrantes do quinteto. Na seqüência, a faixa título do álbum mostra o talendo de compositor do líder, que nos brinda com nada menos do que cinco dos nove temas apresentados no trabalho. “My Ideal” é a balada escolhida por Bowen como contraponto aos bebops e hardbops que recheiam o disco. “Spikes”, “Under a Cloud”, “The First Stone” e “Meltdown” são os originais restantes do saxofonista. Dois temas são referências de Bowen à músicos que o influenciaram: “Inner Urge”, de Joe Henderson e “Peace”, de Horace Silver. Ralph Bowen é um saxofonista que honra a herança do instrumento no jazz, alternando toques doces e gentis com momentos de intenso swing e performances viris.

Ralph Bowen (tenor sax); John Swana (trumpet); Peter Bernstein (guitar); Sam Yahel (organ); Brian Blade (drums)

1- Invitation (Kaper)
2- Soul Proprietor (Bowen)
3- My Ideal (Chase, Robin, Whiting)
4- Spikes (Bowen)
5- Under a Cloud (Bowen)
6- The First Stone (Bowen)
7- Inner Urge (Henderson)
8- Meltdown (Bowen)
9- Peace (Silver)

 
1 comentário

Publicado por em 19 de outubro de 2009 em Brian Blade, John Swana, Peter Bernstein, Ralph Bowen, Sam Yahel

 

Michel Camilo – One More Once (1994)

Foi no blog CB Latin Jazz Corner, do amigo Carlos Braga, que encontrei esse “ouro em pó”, como CB costuma se referir aos álbuns de grande qualidade que posta com frequencia maior do que o nascer do sol. Um dos poucos trabalhos do pianista dominicano Michel Camilo que eu ainda não tinha tido o privilégio de ouvir, One More Once não é só mais um disco de Camilo. É uma overdose de músicos de primeira grandeza do jazz e latin jazz. Camilo faz uma releitura de composições suas, muitas das quais já havia gravado em álbuns de seu trio habitual e em trabalhos de luminares como Paquito D’Rivera, Tito Puente e Giovanni Hidalgo. O álbum é beleza, lirismo e energia do início ao fim e Michel Camilo passeia pelos montunos, danzons e uma variedade de ritmos latinos com a naturalidade de quem sabe muito bem onde pisa. A orquestra reunida pelo pianista traz a qualidade de nomes como o do sax alto Paquito D’Rivera; o pupilo de Dizzy Gillespie, trompetista Jon Faddis; o inseparável baixo elétrico de Anthony Jackson; os metais do grupo OTB e do quinteto de Horace Silver, Michael Mossman e Ralph Bowen; a guitarra de Chuck Loeb; a percussão de Giovanni Hidalgo e mais uma infinita constelação de craques do estilo. No CB Latin Jazz Corner você encontra esse e muitos outros discos fundamentais do Latin Jazz.
Michel Camilo – piano
Anthony Jackson – bajo
David Taylor – trombón
Chris Hunter – saxo alto y soprano
Conrado Herwig – trombón
Craig Handy – saxo
David Bargeron – tuba
Ryan Kisor – trompeta
Douglas Purviance – trombón
Cliff Almond – batería
Ed Neumeister – trombón
Ralph Bowen – saxo tenor
Guarionex Aquino – chekere, tambora, guiro, percusión
Michael Mossman – trompeta
Stanton Davis – trompeta
Jon Faddis – trompeta
Paquito D´Rivera – saxo alto
Chuck Loeb – Guitarra eléctrica
Gary Smulyan – saxo barítono
Marvin “Smitty” Smith – Batería
Giovanni Hidalgo – percusión