RSS

Arquivo da categoria: pat metheny

Perico Sambeat Trio & Pat Metheny – Soul Cowboy

Pat Metheny (g); Perico Sambeat (as), Chris Higgins (b), Marc Miralta (d)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de fevereiro de 2009 em chris higgins, marc miralta, pat metheny, perico sambeat

 

Pat Metheny Trio – Day Trip – 2007

Em “Day Trip”, o guitarrista Pat Metheny volta a apresentar um trabalho em trio, desta vez com Christian McBride no contrabaixo e Antonio Sanchez na bateria. Metheny sempre recorre ao formato de trio quando pretende produzir uma música orientada para o jazz, uma espécie de refúgio de seu trabalho altamente arranjado e sofisticado com o Pat Metheny Group. A atmosfera de Day Trip é muito semelhante a do trio com o qual o guitarrista gravou e excursionou na década de oitenta com Dave Holland e Roy Haynes, ou seja, uma abordagem mais straight ahead do que com os trios com Charlie Haden / Billy Higgins ou Larry Grenadier / Bill Stewart. Destaque para Let’s Move – um bop em andamento rápido com muita variação rítmica, a lírica At Last You’re Here, o blues em levada hardbop Calvin’s Keys e as regravações de When We Were Free e The Red One – esta última em uma levada pesada com Pat usando a distorção de sua guitarra. Para quem gosta de guitarra jazz é simplesmente imperdível.
Pat Metheny (g); Christian McBride (b); Antonio Sanchez (d)
1.Son Of Thirteen
2.At Last You’re Here
3.Let’s Move
4.Snova
5.Calvin’s Keys
6.Is This America? (Katrina 2005)
7.When We Were Free
8.Dreaming Trees
9.The Red One
10.Day Trip
 
2 Comentários

Publicado por em 2 de fevereiro de 2009 em antonio sanchez, christian mcbride, pat metheny

 

Michael Brecker – Pilgrimage (2007)

Pilgrimage é o último trabalho do saxofonista Michael Brecker, falecido em 2007 vítima de leucemia, e conta com uma seleção de músicos de primeira grandeza. Brecker fez questão de cercar-se de seus amigos mais diletos e afins com sua música, sempre rica e visceral. Todos parecem ter dado o máximo de si para essa sessão, que transborda talento e emoção, e a precária condição física do líder é imperceptível. As nove composições trazem a habitual categoria de Brecker como compositor e intérprete, um mestre na música modal. As passagens em uníssono entre Michael e Pat Metheny, sempre impecáveis, são obra do grande entrosamento entre ambos, fruto de anos a fio de colaborações.
Pilgrimage é um álbum intenso e coeso, um perfeito canto do cisne desse músico inesquecível. Obrigado por tudo Michael Brecker!!
Michael Brecker (ts), Pat Metheny (gt), Herbie Hancock (p), Brad Mehldau (p), John Patitucci (b), Jack DeJohnette (d)
1. The Mean Time
2. Five Months From Midnight
3. Anagram
4. Tumbleweed
5. When Can I Kiss You Again?
6. Cardinal Rule
7. Half Moon Lane
8. Loose Threads
9. Pilgrimage
 

Anna Maria Jopek & Friends with Pat Metheny – Upojenie (2002)


Anna Maria Jopek é uma cantora, pianista e compositora polonesa e Upojenie é seu quinto álbum na carreira. Neste trabalho Anna Maria escreve letras e interpreta composições de Pat Metheny, como Are You Going With Me, Letter From Home e Farmer’s Trust entre outras. Pat atua na guitarra e violão ao lado de outros convidados ilustres como Charlie Haden, Lyle Mays e músicos poloneses. Um disco raro com um perfeito casamento da voz límpida de Anna com as finas cordas de Pat Metheny.

1. CichyZapada Zmrok (Here Comes the Silent Dusk)
2. Mania Mienia (So May It May Secretly Begin)
3. Biel (Whiteness)
4. Przyplyw, Odplyw, Oddech Czasu…(Tell Her You Saw Me)
5. Are You Going With Me?
6. Czarne Slowa (Black Words)
7. Lulajze Jezuniu (Polish Christmas Carol)
8. Upojenie (Ecstasy)
9. Zupelnie Inna Ja (Always and Forever)
10. Piosenka Dla Stasia (A Song for Stas)
11. Letter from Home
12. Me Jedyne Niebo (Another Life)
13. By On Byl Tu (Farmer’s Trust)
14. Polskie Drogi (Polish Paths)
 
2 Comentários

Publicado por em 20 de janeiro de 2009 em anna maria jopek, pat metheny

 

Anna Maria Jopek & Friends with Pat Metheny – Upojenie (2002)


Anna Maria Jopek é uma cantora, pianista e compositora polonesa e Upojenie é seu quinto álbum na carreira. Neste trabalho Anna Maria escreve letras e interpreta composições de Pat Metheny, como Are You Going With Me, Letter From Home e Farmer’s Trust entre outras. Pat atua na guitarra e violão ao lado de outros convidados ilustres como Charlie Haden, Lyle Mays e músicos poloneses. Um disco raro com um perfeito casamento da voz límpida de Anna com as finas cordas de Pat Metheny.

1. CichyZapada Zmrok (Here Comes the Silent Dusk)
2. Mania Mienia (So May It May Secretly Begin)
3. Biel (Whiteness)
4. Przyplyw, Odplyw, Oddech Czasu…(Tell Her You Saw Me)
5. Are You Going With Me?
6. Czarne Slowa (Black Words)
7. Lulajze Jezuniu (Polish Christmas Carol)
8. Upojenie (Ecstasy)
9. Zupelnie Inna Ja (Always and Forever)
10. Piosenka Dla Stasia (A Song for Stas)
11. Letter from Home
12. Me Jedyne Niebo (Another Life)
13. By On Byl Tu (Farmer’s Trust)
14. Polskie Drogi (Polish Paths)
 
1 comentário

Publicado por em 20 de janeiro de 2009 em anna maria jopek, pat metheny